Produto c- DEFEITO de fábrica POSITIVO INFORMÁTICA

Positivo Informatica Por Regiane SAO PAULO/SP - 28/4/2013 às 13:25:18

A quem possa interessar!
Comprei notebook já chegou com defeito!!! Mandei vários e-mails para a POSITIVO, coloquei a reclamação no reclameaqui e a única coisa que falaram é que eu deveria levar na assistência técnica. Um absurdo não é? Chega QUEBRADO e vc que se dane! É isso que a POSITIVO VENDE E RESPONDE. Agora com menos de 6 MESES de uso ele começou a ligar e desligar SOZINHO!!! A bateria não suporta a carga e quando ligo na tomada ele apaga, morre! Coloquei minha reclamação aqui no reclameaqui dia 22/04/2013 e a POSITIVO respondeu para o reclame aqui que não responde a solicitações de empresas, ou seja, defendeu-se que sou pessoa jurídica! Sou pessoa física como consta na nota fiscal a qual enviei hoje para o reclameaqui para que seja devidamente publicada e que através dessa seja respondida pela POSITIVO. Mas aconselho-te a ir ao PROCON abra reclamação e vá em seguida ao Fórum de pequenas causas. Eu o farei!

Mais de 3.500 reclamações contra a Positivo Informatica, este é o resultado de uma pesquisa rápida no site Reclame Aqui.
SÓ PARA DEIXAR REGISTRADO E FIRMADO MEU NOTEBOOK TEM O NUMERO DE SERIE 1A646FB7L NOTA FISCAL 000.622.596 MINHA OS É 129437.

Previstas do Código de Defesa do Consumidor:
"SEÇÃO III

Da Responsabilidade por Vício do Produto e do Serviço

ART. 18 - Os fornecedores de produtos de consumo duráveis ou não duráveis respondem solidariamente pelos vícios de qualidade ou quantidade que os tornem impróprios ou inadequados ao consumo a que se destinam ou lhes diminuam o valor, assim como por aqueles decorrentes da disparidade, com as indicações constantes do recipiente, da embalagem, rotulagem ou mensagem publicitária, respeitadas as variações decorrentes de sua natureza, podendo o consumidor exigir a substituição das partes viciadas.

§ 1º - Não sendo o vício sanado no prazo máximo de 30 dias, pode o consumidor exigir, alternativamente e à sua escolha:


II - a restituição imediata da quantia paga, monetariamente atualizada, sem prejuízo de eventuais perdas e danos;


  • Compartilhe esta reclamação no G+.
  • Eu apoio!
Compartilhe esta reclamação

Respostas e Réplicas:


  • Regiane
    06/05/13 - 12:10
    Esse canal notificou por e-mail a POSITIVO INFORMÁTICA e como SEMPRE NÃO responderam, é assim que tratam seus consumidores. Não vale a pena ter um produto como esse. Pensem antes de comprarem a marca POSITIVO. Eu já dei entrada no PROCON e vou levar ao Juizado de Pequenas Causas!

  • Regiane
    06/05/13 - 23:56
    SEÇÃO III
    Da Responsabilidade por Vício do Produto e do Serviço

    Art. 18. Os fornecedores de produtos de consumo duráveis ou não duráveis respondem solidariamente pelos vícios de qualidade ou quantidade que os tornem impróprios ou inadequados ao consumo a que se destinam ou lhes diminuam o valor, assim como por aqueles decorrentes da disparidade, com a indicações constantes do recipiente, da embalagem, rotulagem ou mensagem publicitária, respeitadas as variações decorrentes de sua natureza, podendo o consumidor exigir a substituição das partes viciadas.

    § 1° Não sendo o vício sanado no prazo máximo de trinta dias, pode o consumidor exigir, alternativamente e à sua escolha:

    I - a substituição do produto por outro da mesma espécie, em perfeitas condições de uso;

    II - a restituição imediata da quantia paga, monetariamente atualizada, sem prejuízo de eventuais perdas e danos;

    III - o abatimento proporcional do preço.

    § 2° Poderão as partes convencionar a redução ou ampliação do prazo previsto no parágrafo anterior, não podendo ser inferior a sete nem superior a cento e oitenta dias. Nos contratos de adesão, a cláusula de prazo deverá ser convencionada em separado, por meio de manifestação expressa do consumidor.

    § 3° O consumidor poderá fazer uso imediato das alternativas do § 1° deste artigo sempre que, em razão da extensão do vício, a substituição das partes viciadas puder comprometer a qualidade ou características do produto, diminuir-lhe o valor ou se tratar de produto essencial.

    § 4° Tendo o consumidor optado pela alternativa do inciso I do § 1° deste artigo, e não sendo possível a substituição do bem, poderá haver substituição por outro de espécie, marca ou modelo diversos, mediante complementação ou restituição de eventual diferença de preço, sem prejuízo do disposto nos incisos II e III do § 1° deste artigo.

    MINHA OPÇÃO NOS TERMOS DA LEI : II - a restituição imediata da quantia paga, monetariamente atualizada, sem prejuízo de eventuais perdas e danos.

Comentários:

Nenhum comentário encontrado.

Últimas reclamações contra Positivo Informatica!